Luxação patelar

A luxação patelar é uma doença ortopédica que acomete os cães causando o desencaixe das articulações dos joelhos, pode ser de origem congênita ou traumática (atropelamento, queda, fratura). A luxação patelar ocorre devido a perda de intimidade articular da patela junto ao fêmur e tíbia. Conheça nossos exames Citologia

A patela (antigamente denominada rótula) é um pequeno osso que está localizado no centro do joelho e desliza dentro de um sulco no fêmur denominado sulco troclear. Sua principal função é orientar e alinhar o joelho junto ao músculo quadríceps. A luxação patelar congênita é uma doença ortopédica muito comum em cães de pequeno porte, mas pode acometer cães de qualquer raça.

As raças caninas mais acometidas pela luxação patelar são: Yorkshire, Poodle, Shih tzu, Lhasa Apso e Daschund. Os cães podem apresentar quatro diferentes graus de luxação patelar, mas a maioria apresenta um grau mais leve da luxação com sinais de dor, claudicação (manqueira) e dor muito inconsistentes. Conheça nossos exames Biópsia

A luxação patelar predispõe o cão a desenvolver uma degeneração articular denominada artose, assim pode ocorrer o agravamento da dor e até a falta de apoio. O diagnóstico da luxação patelar é clínico, ou seja, o médico veterinário treinado consegue através de uma simples manobra do joelho diagnosticar

a luxação patelar. O exame radiográfico pode auxiliar para avaliar o grau de artrose. Os primeiros sintomas de luxação patelar são a dor e a manqueira intermitente, principalmente durante caminhadas e exercícios. Cães que apresentam um grau leve de luxação patelar podem reduzir ou encaixar novamente a patela apenas com a extensão do membro. Conheça nossos exames Ultrassonografia

É comum o diagnóstico tardio, pois a maioria dos cães são assintomáticos devido a maior incidência ser de grau leve de luxação patelar. O tratamento da luxação patelar é cirúrgico, onde é realizado uma reconstrução articular do sulco troclear e ligamentos. Os resultados são muito satisfatórios.

O período de recuperação ocorre dentro de 30 dias. Após a alta estes cães que apresentam luxação patelar não vivem com restrições. Veja também nosso Raio-X Digital

Este site está protegido pela Lei de Direitos Autorais. (Lei 9610 de 19/02/1998), sua reprodução total ou parcial é proibida nos termos da Lei.