Clínica Geral

É importante ter um clínico geral de confiança desde o primeiro ano de vida do seu melhor amigo. Ele vai cuidar da saúde geral e ter todo o histórico do seu animal.

O médico veterinário clínico geral está apto a cuidar do seu animal mesmo antes do nascimento, dando atenção especial à saúde e nutrição da mãe, auxiliando no parto quando necessário e, por fim, verificando a saúde de cada um dos filhotes. Veja nossos artigos sobre Microchip

A partir daí, acompanha o desenvolvimento do animal, orienta os proprietários sobre os primeiros cuidados, o calendário de vacinas e muito mais.

É ao clínico geral que você deve recorrer quando nota que seu melhor amigo não está bem, pois ele fará uma avaliação completa, solicitará exames e, se necessário, encaminhará a algum veterinário especialista, como um oftalmologista. O clínico geral ainda realiza check ups periódicos, cada vez mais necessários, já que a expectativa de vida dos animais de companhia aumenta a cada dia. Veja nossos artigos sobre Vacinação em cães e gatos

Sinais de alerta

Devido a cuidados médicos mais intensivos, melhor nutrição e prevenção de doenças, os animais de estimação têm vivido cada vez mais. Entretanto, com a idade avançada também surge uma série de doenças que antes não eram tão observadas e as patologias cardiorrespiratórias estão neste grupo. Sempre que o veterinário clínico do seu animal suspeitar de doença cardíaca, é importante passar pela avaliação de um cardiologista veterinário. Dependendo da idade e condição geral, também é comum que sejam solicitados exames cardiológicos quando o cão ou gato vai passar por procedimentos cirúrgicos. Veja nossos artigos sobre Displasia coxofemural

Alguns sinais podem ser indicativos de enfermidades cardiorrespiratórias como falta de ar, cianose (língua azulada), abdômen aumentado, desmaios, cansaço, secreção nasal e tosse.

Raças com predisposição e doenças mais comuns

Na Cardiologia Veterinária, as doenças em geral manifestam-se mais tarde, entretanto, podem haver alterações congênitas em filhotes. Quanto mais cedo o diagnóstico, mais fácil tratar e maiores as chances do animal ter uma vida com qualidade. Algumas raças de cães são mais pré-dispostas a doença cardíaca do que outras. As mais afetadas são: Poodle, Labrador, Cocker Spaniel, Doberman, Boxer, Pastor Alemão, Cavalier King Charles Spaniel, Pinscher e Teckel.

A doença mais comum nos cães de pequeno porte é a endocardiose, que afeta o funcionamento das válvulas do coração, já nos animais de médio e grande porte, o mais comum é a miocardiopatia dilatada, que leva ao aumento do coração. Veja nossos artigos sobre Luxação patelar

Nos felinos, é comum a miocardiopatia hipertrófica – hipertrofia dos músculos do coração devido ao esforço excessivo. Além destas, há diversas outras alterações que só podem ser diagnosticas e tratadas por um médico veterinário.

Como é a consulta e quais exames estão disponíveis na Cardiologia Veterinária

O Cardiologista Veterinário analisa o histórico do animal, as condições gerais, exames anteriores, sinais e sintomas e faz uma ausculta meticulosa do coração, o que já dá um direcionamento dos próximos passos. Além disso, também mensura a pressão arterial, pois algumas cardiopatias podem alterar a pressão do sangue. A partir daí, o médico determina se será necessário realizar radiografia, eletrocardiograma, eco- doplercardiografia ou até mesmo a colocação de um holter.

Após os exames, o cardiologista prescreve o tratamento e os cuidados que você deverá ter com seu animalzinho. É importante ressaltar que o diagnóstico precoce e o tratamento correto podem melhorar muito a qualidade e prolongar a vida do seu melhor amigo.

A Cardiologia Veterinária é uma especialidade que tem avançado muito e existem profissionais cada vez mais especializados e competentes para ajudar você e seu animal. A TotalVet conta em sua equipe com a Dra. Andressa Pastore - Médica Veterinária Cardiologista, que pode ajudar seu animal nas situações acima e também em enfermidades que envolvam o sistema respiratório, doenças cardíacas induzidas por parasitas, avaliações pré-operatórias , traumas, emergências entre outros. Veja nossos artigos sobre Ligamento cruzado

Este site está protegido pela Lei de Direitos Autorais. (Lei 9610 de 19/02/1998), sua reprodução total ou parcial é proibida nos termos da Lei.